Conheça o antigo Farofa Saiba como tudo

começou Home
feed rss   Blogo de Sao Paulo,SP-Brasil       
Patagônia
Pela terceria vez fomos almoçar no Patagônia, um pequeno restaurante de Ãguas de São Pedro. A comida é boa. Quando chega. Porque a demora é tamanha que a impressão que se em é que foram buscar sua salada na patagônia mesmo.
É inacreditável, sem brincadeira. O prato acaba sendo uma surpresa. Porque quando o garçon chega para servir você simplesmente esqueceu qual foi seu pedido.
O garçon escarnece da demora. Ri. Provavelmente não almoça lá.
Quando comentamos as horas aprendendo funções no celular durante o hiato gigantesco entre a escolha e o almoço propriamente dito, ele justifica: comida de qualidade demora.
A comida, de fato, tem qualidade. A apresentação dos pratos é digna de primeiro mundo gastronômico.
Mas não dá pra esperar tanto. A menos que a gente vá antes de ficar com fome ou telefone na véspera encomendando a refeição.
A parte boa é que é bem em conta.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 15h19
#beijometweeta: @rosana

Pelo celular
Chove sem parar.
Via
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 13h46
#beijometweeta: @rosana

Sábado
Paul Auster me manteve acordada até duas da manhã. Mesmo sabendo que antes das oito eu teria que acordar, continuei a leitura. Depois de apagar as luzes, a coisa não parou. Não estava mais lendo mas a minha cabeça começou a escrever a continuação de algumas histórias. Ainda não é grave mas certamente é um vício sério.
Quando abri os olhos aproveitei para acordar o despertador que ainda dormia dentro do prazo.
As notícias do momento eram sobre indenizações do buraco do metrô e manifestações de parentes das vítimas do avião da Gol.
Para não começar o dia com tragédias, desliguei o rádio relógio.
E fui em busca de uma possível boa notícia. Pesei-me na balança digital do banheiro.
A mesma coisa.
É difícil vencer certas barreiras do peso.
O corpo logo adivinha seus planos de mantê-lo num estado de mais exercícios com menos calorias e assim que você começa com seu projeto de emagrecer ele começa com o dele, de acumular.
Não sei quem o quê gerencia a parte de dentro. Pensei que fosse eu. Talvez seja. Mas o que eu acho de eu não deve corresponder a todos os centros de controle do meu hospedeiro.
Vou pensar nisso mais tarde.
No momento, tenho que arrumar a mochila para viajar.
Amanhã é dia de trabalho.
Mas até lá, tenho muito para ler.
E pensar.
Bom dia.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 07h22
#beijometweeta: @rosana

Skypecast
Acho que fiquei bem uma hora inteira num skypecast. Um bom papo cabeça. Eu estava precisando. Sair da minha máquina lingüística, transitar por outro idioma, caçar palavras na memória. Falar tem semelhanças com a prática de esportes. Chega uma hora que, de tanto repetir o processo, você se desliga de tudo e deixa a parte corporal ali no automático e voa para outros territórios, liberta-se das amarras mais óbvias e mundanas.
Este foi o principal saldo das férias, a consciência de que não somos obrigados a obedecer nossos próprios comandos internos. Não somos escravos das bobagens que construímos e determinamos. Ninguém é obrigado a pensar do mesmo jeito. E faz sentido culpar nada ou ninguém pela infelicidade onde estamos.
Pode parecer papinho de livro de auto-ajuda, mas existe sempre a opção de abrir mão da babaquice e começar a trilhar outros caminhos.
O que tenho notado em mim é uma tendência antiga de colocar alguma intenção pessoal em tudo o que digo. No trabalho é um pouco diferente, porque tenho tarefas para cumprir e aí, dou o melhor de mim, pelo todo. Acho que o trabalho é um dos poucos lugares onde consigo abrir mão de intenções pessoais. Mas em toda parte de inter-relacionamento, vejo que há sempre, uma 'hidden agenda', uma intenção oculta. Exemplos? Vamos lá.
A gente se veste com uma intenção mais do que como uma expressão. Queremos impressionar, agradar, receber elogios. Ou criar uma aparência de moderno, de clássico, tanto faz. Mas é intencional. É pensado, planejado, não é genuíno.
Falamos coisas, comentamos coisas, contamos coisas sobre nós (geralmente positivas), para fortalecer uma imagem social que queremos divulgar. Queremos ser amados, admirados, desejados e, para isso, agimos no sentido de agradar os outros.
Não que isso seja bom ou ruim, não é uma questão de julgamento.
Mas de tomar consciência deste mecanismo, presente o tempo todo.
Férias também são boas por isso. Você bota um biquini pra tomar sol, calça um chinelo pra não queimar o pé, bota um boné pra não ficar com o nariz vermelho. Os objetivos são práticos e de auto-preservação. Claro, sempre vai ter alguém tão preso a tudo que vai procurar um chinelo para combinar com o boné, mas em geral, não é assim.

Tudo é mais orgânico, holístico, como você quiser chamar. Mas nossas ações são mais integradas ao que somos intrinsecamente, mais voltadas para a nossa necessidade de bem-estar pessoal do que de promoção social.

Acho que a verdadeira liberdade é quando você consegue fazer coisas simples como seguir seu caminho, descobrir seus desejos e buscar seu próprio eu, abrindo mão desta necessidade doentia de agradar a todo mundo e, sobretudo, de vencer pequenas competições patológicas criadas pela própria mente.

Minha mente, aliás, diz que eu deveria escrever mais alguns posts mas meu sono, genuíno e libertário, diz que é hora de abrir mão do blá blá blá e assumir o zzzzzzz....

Fique bem.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 23h59
#beijometweeta: @rosana

Fórmula da Notícia
n = cf ²

A notícia é o produto do quadrado da fama (f) pelo conteúdo (c).

Mesmo que o conteúdo seja pequeno, se a pessoa for muito famosa, dá uma notícia.
Por exemplo. Claustrofobia. Não é notícia. Todo mundo (ou quase) já sentiu ou sente alguma fobia. A claustrofobia é um clássico. Quem é que não se sente mal preso num elevador? Ou num quarto apertado cheio de gente?
No caso de uma pessoa anônima, o conteúdo sobre claustrofobia, um conteúdo ínfimo, mesmo multiplicado pelo quadrado da fama (no caso quase zero), não dá em nada.
Mas se a claustrofobia for da Gisele Bündchen, já dá uma notícia.

No caso de uma desgraça, como a cratera do metrô, o conteúdo é poderoso. Tragédia com vítimas fatais, uma coisa muito forte. Mesmo não tendo ninguém famoso, gera muitas matérias.

Mas, como a mídia é um negócio, é possível introduzir uma constante I, de interesse que resulta em:

n = icf²

Mesmo sem conteúdo e sem ninguém famoso, dá pra multiplicar por uma constante de Interesse e transformar qualquer coisa em notícia. É mais ou menos assim que preenchemos diariamente, as lingüiças de todas as manchetes.

Um exemplo? BBB7. O conteúdo não é relevante. As pessoas não são famosas. Mas o valor de i, o interesse instantâneo, é altíssimo. Portanto, o resultado do produto dá notícia também.

Bobagem, eu sei. Mas bobagem é o tema do post, não?
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 21h37
#beijometweeta: @rosana

Trampo
Trabalhei muito hoje, non stop. Uma correria. Em certos momentos eu estava fazendo três coisas simulataneamente: fazendo uma paródia (acho que fiz umas oito só hoje) para a TV na sala de redação, escrevendo letras de vinhetas para a rádio num estúdio e correndo para a sala de informática para realizar alguns testes com a emissora. E, claro, indo e vindo das ilhas para ver alguns offs já gravados e editados. Estamos criando e testando alguns novos formatos também, experimentalmente. Mas foi bem gostoso, dia produtivo. Difícil mesmo foi atender a todas as ligações, responder emails e postar no blog.
Quando finalmente cheguei em casa e encontrei uma nova pilha de coisas para pagar, inclusive uma 2a. via do cartão de crédito que eu ainda não consegui pagar, compreendi que a gente corre o dia todo para tentar alcançar as dívidas. Praticamente todos os brasileiros assalariados sabem do que estou falando. No momento, as contas estão muito mais próximas da linha de chegada, a data de vencimento, do que eu estou do dia de pagamento.
Isso você também já deve conhecer.
E se você tiver uma solução mágica para equilibrar as finanças, me avise.
Em termos de grana e de peso, eu engrosso o caldo dos injustiçados. Não gasto muito, portanto eu merecia ter mais dinheiro. Não como muito, portanto eu merecia ter menos peso.
Infelizmente não estou conseguindo realizar minha única e eterna promessa de todo ano novo: engordar a conta e emagrecer o corpo.
A conta, continua emagrecendo sem parar. E eu, no máximo, consegui parar de engordar.
Já é um começo.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 21h24
#beijometweeta: @rosana

Destaques do Carnaval
Ninguém entende como uma mulher que não tem praticamente nenhuma ligação com o samba, teve mais uma passagem do que uma carreira em tv e está há anos fora do ar, teria sido chamada para ser destaque de uma escola de samba. Eu soube que, de fato, algumas mulheres pagam, cerca de 90 mil reais ou mais para ocuparem tais cargos. Algumas são mesmo convidadas. Outras, conseguem por outras vias por influência de homens poderosos.
Ser destaque no carnaval pode ser visto como um investimento. A exposição na mídia é garantida. E, muitas vezes, diretores de emissora, ao verem as mulheres seminuas e lindas, lembram de chamá-las para algum trabalho. É compreensível.É o show business.
Se a moça pagou pra ter o posto, então, dá pra entender que ela não queira dividir o espaço com mais ninguém.
Desculpe, mas até dentro do ilícito, tem que haver honra nos contratos.
Deveriam chamar a Anac. Vender a mesma vaga pra duas moças é, no mínimo, um caso de overbooking.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 17h45
#beijometweeta: @rosana

Vimeo
O site Vimeo, que hospeda videos gratuitamente, assim como o YouTube, aumentou a hospedagem semanal para 250 mega. Melhor que nada. Opção para quando o YouTube não está no ar ou para colocar a imagem sem aquele 'play' no centro. www.vimeo.com
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 15h37
#beijometweeta: @rosana

Dureza
Um dos maiores problemas da comunicação é justamente ser compreendida. Acontece com todo mundo. Você sabe de uma coisa. Verificou a coisa. Certificou-se sobre a coisa. Mas ninguém entende o que você está dizendo. E quando entende não acredita. E quando finalmente a coisa como um todo fica esclarecida (o que não está acontecendo neste post, por exemplo)a pessoa fica com raiva de você, porque sente-se humilhada por ter demorado tanto para compreende o óbvio.
Dureza.


Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 14h09
#beijometweeta: @rosana

Daniel voltará
Fontes fidedignas apontam o dia 29 de janeiro próximo, segunda-feira, como o dia em que as férias de Daniel Castro finalmente encerrar-se-ão. Aos 48 do segundo tempo, contando com a prorrogação, ele voltará com mais um golaço, fazendo com que sua coluna volte para a primeira divisão, ou melhor, publicação. Se isto acontecer, sugiro que você, eu, todos nós, enviemos a ele um email dando boas vindas.
Coluna de TV é assim, a gente só dá valor quando fica sem!
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 10h42
#beijometweeta: @rosana

Confusão

Na coluna de hoje Mônica Bergamo publica uma notinha sobre o video do YouTube que mostra as trinta e tantas vezes em que a palavra 'confusão' é usada nas chamadas da Sessão da Tarde da Rede Globo. O video foi hit no ano passado e foi exibido, inclusive, em rede aberta. A informação hoje é assim, circula, circula e uma hora cai em algum lugar, direto do túnel do tempo. Acontece aqui, acontece lá, acontece em todo lugar.
Dar conta de tudo o que acontece na rede é como tentar cuidar de cinco tartarugas ao mesmo tempo. Uma hora, uma delas escapa, ainda que bem lentamente.


Ilustração
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 08h25
#beijometweeta: @rosana

Foto fake
Luiz Aquino, do Cidade Vazia, mandou um email com uma nota do jornal O Globo sobre anorexia cuja foto ilustrativa é uma montagem, fake, já desmascarada pelo site e-farsas. Fica-se com a impressão que jornalistas já não checam mais nada antes de publicar.

Por falar nisso, ouvi no rádio, ontem, que o Conselho Regional de Medicina em São Paulo fez um projeto piloto com médicos recém-formados, um exame para testar conhecimento e aptidão para a profissão. Resultado: 40% dos médicos formados foram reprovador por não apresentarem as mínimas condições para exercer a medicina.

Porém, como é só um projeto piloto, nada vai acontecer. Não é como o exame da OAB, que valida o diploma do advogado.

Portanto, 40% de médicos incompetentes estarão no mercado muito em breve. Se tivesse exame pra todas as profissões, sobrariam vagas em todas as áreas.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 08h21
#beijometweeta: @rosana

Sem significado
Duas expressões, termos, palavras, não tem registro na minha cabeça: Rodada de Doha e Taxa Selic. Não adianta procurar no Google, eu simplesmente não absorvo. Parei no Protocolo de Kyoto.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 23h15
#beijometweeta: @rosana

Livros
Terminei 'Noite do Oráculo' há poucos minutos. Muito bom terminar um livro e ter uma sacola de outros esperando na fila. Vou começar a ler "A Trilogia de Nova York' de Paul Auster.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 22h57
#beijometweeta: @rosana

SP

Uma cena paulistana no dia do aniversário da cidade. no meio do trânsito, um cadeirante amputado que pede esmolas nos semáforos com seus dois cachorrinhos, um no colo e outro, amarrado à cadeira. Amigos de todas as horas difíceis.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 21h51
#beijometweeta: @rosana

Fox exige ID de YouTubber
A Fox entrou com uma liminar contra o YouTube, exigindo que o site revele a identidade do usuário que subiu cópias inteiras de 24 horas e de Os Simpsons. A liminar foi concedida por um juiz de São Francisco mas até agora não se sabe se o YouTube atendeu o que foi exigido.
O nick do usuário era "ECOtotal" e sua conta foi suspensa.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 21h38
#beijometweeta: @rosana

Volta
Não falta muito para terminar o segundo livro de Paul Auster da minha vida. A noite do oráculo. Sem estragar a história mas levantando a lebre do interesse, a história é mais ou menos assim:
- Tem o Paul Auster, que é uma pessoa de verdade, vai fazer 60 anos e é o autor do livro que estava há pouco em minhas mãos. O livro, A noite do Oráculo, é escrito em primeira pessoa, narrado por um escritor, Sidney, que é um personagem de ficção da cabeça de Paul Auster. Ou seja, Paul Auster escreveu um livro onde Sidney está escrevendo um livro. Acontece que conforme Sidney vai escrevendo o seu livro, vamos acompanhando também esta história, que tem um personagem gentral, Nick. Ou seja, são histórias dentro das histórias. E, claro, Nick, o personagem que Sidney criou, é editor e recebe um manuscrito de uma mulher, que também contém uma história.
Agora acho que você vai entender a necessidade que sinto de sair agora, para caminhar pela rua, com ou sem chuva, com ou sem cachorro, apenas para sair de dentro de tantas histórias, de dentro da minha casa.
Ou isso, ou tenho certeza que vou ser tragada para dentro de um dos manuscritos e de lá nunca mais sairei.
Seria bom ser um personagem de Paul Auster mas não suportaria a dor de nunca mais ver minha família.
A menos é claro que eles também fossem sequestrados por Paul.
O que me lembra um detalhe macabro: meu marido começou hoje a ler um livro de Paul Auster que emprestei para ele.
Vou sair imediatamente e ligar pra ele do celular, antes que Paul descubra.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 18h32
#beijometweeta: @rosana

Tom
Dói o peito, de tristeza, ver o especial de Tom Jobim na Globo News. Vê=lo tão lindo, tão jovem, talentosíssimo, ouvir e reconhecer sua obra e sabê-lo ausente pra todo sempre. Ver Chico com Tom, Vinícius com Tom, Tom com Sinatra. Dói ver que alguns homens são mesmo imprescindíveis e insubstituíveis. Agora, Caetano, Chico e Tom. Que patrimônio cultural para nós, que orgulho nos dá, a existência, a música do grande maestro.
Tom é tudo.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 16h55
#beijometweeta: @rosana

Pelo celular
E veio a chuva. Ô temporal.
Via
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 11h44
#beijometweeta: @rosana

Parabéns SP
A melhor forma de comemorar o aniversário desta cidade onde tanto se trabalha é vivenciar um bom ócio. Pelo menos enquanto o sol estiver vigente, pretendo ficar sob seu manto amarelo tentando fazer fotossíntese e lendo Paul Auster. Quando o sol se for, meu amor, aí sim, vou trabalhar.
Hoje é um daqueles dias maravilhosos de sol e calor quando não resta a menor dúvida de que vale o investimento de mergulhar na água e estragar o cabelo.
Bom dia, até mais tarde.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h11
#beijometweeta: @rosana

tubarão primitivo


Que medo. Filmaram um bicho estanho, uma espécie de ancestral dos tubarões.
Falando em tubarão, um amigo que foi para REcife, disse que simplesmente ninguém entra em certas praias por medo de ataques. Que acontecem MESMO na região.

Update - aqui tem ovideo do bicho que, infelizmente, coitado, morreu.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 22h28
#beijometweeta: @rosana

Esper
Ao mesmo tempo que trabalho(ainda) nos textos do próximo domingo, acompanho pela internet, ao vivo, o depoimento de Ronaldo gravado ontem para o SuperPop. TV na Web é o tema do momento.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 21h36
#beijometweeta: @rosana

Anos Incríveis
Rodrigão do blog Acetose, mandou um link mostrando o antes e depois de alguns personagens da série Anos Incríveis da TV Cultura.Quem mais impressiona é a graciosa Winnie Cooper,que virou um mulherão. Malhadérrima.

Aqui no Brasil também temos nossa versão: Déborah Secco era uma menininha na série Confissões de Adolescente e depois, já adulta e siliconada virou sex symbol.

Vou captar as fotos antes e depois para publicar aqui.

Uma antes e outra depois.
E a matéria sobre o destino dos astros-mirins.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 18h20
#beijometweeta: @rosana

Cocada na Globo


O conglomerado Globo é uma grande empresa, famoso, respeitado, bom lugar pra trabalhar. Dá um bom sobrenome. Além do Bozó muito funcionário já usou crachá pra ganhar umas meninas.

Já trabalhei para o grupo algumas vezes, sempre como roteirista. Na Fundação Roberto Marinho, na produção do Faustão, na produção da Xuxa, no Sai de Baixo, entre outros trabalhos (com o Roberto Talma). Mas foram trabalhos, como outros, todos honrados. Porém, aos olhos de muitos telespectadores leigos, que não são profissionais de TV, trabalhar na Globo é uma espécie de atestado de competência, justamente porque a Globo sempre foi a primeira colocada em audiência, uma das tvs mais reconhecidas no mundo.

Muita gente diz, erroneamente no meu ponto de vista, 'se fulano fosse bom 'tava na globo'. Acho isso totalmente absurdo. Vivi isso às avessas. Estudei 8 anos na USP, seis no Instituto de Física e dois na ECA. Muita gente da USP é vista como arrogante, porque tem uns tolos que acham que só entra na USP quem é bom pra valer, o que é um puta preconceito. Vestibular também é sorte, momento, além de preparo. Tem gente de todos os tipos em todos os lugares e empregos. Passar na USP, ou em Cambridge, ou Princeton, não é prova de inteligência assim como trabalhar na Globo não é necessariamente prova de competência. Mesmo porque inteligência todo mundo tem, de algum tipo, seja física, emocional, intelectual, artística, etc.

Mas se para alguns faltava uma prova oficial, mainstream, da competência de MrManson do Cocadaboa, voilà: ele tem blog na Globo agora, foi contratado pelo G1, o portal de notícias da Globo.com. Visite o SP Machion Week que amanhã, vai blogar ao vivo do evento. É só clicar na imagem aí em cima.

Eu acho que ele é bom em qualquer lugar, em blog pessoal, pago, gratuito, tanto faz.
Mas sabe, um toque de Bozó sempre dá um upgrade no moral.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 18h00
#beijometweeta: @rosana

Blônicas
Voltei das férias também no Blônicas. Aos poucos, vou me lembrando de tudo. No momento eu sei tudo o que tenho que fazer. Eu só não me lembro... como é que faz!
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 17h50
#beijometweeta: @rosana

Tecnologia
Um amigo que visitou a feira de novidades em Los Angeles, disse que a era é de tecnologia e não de idéias. Não há formatos novos, por assim dizer, só reality shows e séries. A novidae é sempre tecnológica. A novidade é o aprimoramento total dos recursos de invasão de privacidade. Veja, por exemplo, o caso dos policiais e das turistas. Fotos digitais. De novembro. No Flickr. E em janeiro, a punição. Sem julgar o mérito da questão, isto só aconteceu por causa da tecnologia, como tantas outras coisas. Traz conforto, segurança, tudo. Mas também invade definitivamente a privacidade de cada um.
Se bem que, a maioria, não vê a hora de ser invadido. Invasão traz exposição, mídia, um dos sonhos de consumo de muita gente.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 13h49
#beijometweeta: @rosana

Polícia e turista


A brincadeira de polícia e bandido é antiga. Mas parece que a mídia discute agora uma outra opção de momento: brincar de polícia e turista. Não deve ser novidade, mas a partir da rede, assim parece. As fotos de turistas sendo algemadas por policiais de um batalhão de Angra dos Reis, segurando fuzis e outros quetais, foram publicadas no Flickr (mas já sairam do ar). Vi na Globo, logo cedo, na sala de espera de um exame de sangue e ouvi no rádio, duas vezes, desde que voltei para casa.

A cada dia a Internet dita pautas de toda a mídia. É o tão esperado caminho de volta, a via de contramão. A notícia pautada pelo cidadão.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h04
#beijometweeta: @rosana

Posse transitória
Interessante o artigo sobre a posse transitória na vida moderna. Você compra um celular novo e dá o velho pra mãe. Ou a câmera digital com mais megapixels que desaloja a anterior para o quarto da filha mais nova. Interessante também o toque final do texto, alertando para a consciência de que essa transitoriedade gera lixo supérfluo e consumo fútil.
Tudo é sempre uma questão de bom senso, de encontrar o equilíbrio entre a modernidade tecnológica e o desejo humano de estar na vanguarda, de ostentar o que se tem como medida do que e é.
É bom movimentar a economia mas é ruim produzir tanto lixo para o planeta.
Descartáveis somos todos, em última instância.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 08h36
#beijometweeta: @rosana

Pelo celular
Duro acordar antes das 7.Mas serve de ensaio para a volta as aulas.
Via
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 07h10
#beijometweeta: @rosana

Toque do iPhone
Bonitinho o toque do iPhone. Vou baixar e usar no meu celular também. Boa noite.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 23h09
#beijometweeta: @rosana

Tecnologia e trabalho
As férias terminaram e o trabalho chegou com tudo. Voltei cedo do evento e vim trabalhar em casa. Ainda não terminei. Por conta do feriado de 5a, tudo precisa ser adiantado. C'est la vie.
Ao mesmo tempo que vemos os seres humanos fazendo esforços descomunais para sobreviver e manter o emprego, a tecnologia cresce exponencialmente facilitando a vida de quem tem dinheiro.
É inacreditável o salto qualitativo tecnológico que está em andamento.
Bom estar vivo para ver tudo isso.
Melhor ainda é estar vivo, saudável e com grana pra acessar tudo isso.
O que nos leva de volta ao trabalho.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 22h44
#beijometweeta: @rosana

Bispa
Peguei o link nos comentários. Realmente, a foto mostra o valor do figurino e da maquiagem para construção da imagem. Mas, digamos, a situação também não colabora com o resultado.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 20h33
#beijometweeta: @rosana

Até já
Momento raro. Vou sair. Tenho um compromisso social, com aquelas celebridades de sites de fofoca e tudo mais. Lá vou eu.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 18h36
#beijometweeta: @rosana

Affaire
Estou com uma dúvida lingüística. "Affair" é uma palavra em inglês, muito usada como 'caso' quando se fala de novos amores e quetais. Em francês a palavra "affaire" quer dizer negócio. Pode ser usado para casos políticos, econômicos, enfim. Mas não tenho certeza se este affaire serve para casos amorosos, como a revista Caras costuma usar. Serve? Algum especialista na língua francesa na área?

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 14h29
#beijometweeta: @rosana

Livros
Sabe aquele domínio eu-sou-assim-mesmo-e-não-tem-jeito ponto com? Sou adepta. Depois de ler "Desvarios no Brooklin" do Paul Auster fui correndo à livraria mais próxima e comprei quatro livros dele. E já estou lendo A NOite do Oráculo. Quem também gosta de livros é o querido leitor Fabio, que mora no Japão e fez uam blog chamado Mundo dos livros.
Se você quiser fazer download de muitos livros em português ou mesmo em língua estrangeira (Projeto Gutemberg) é só entrar no famoso site Biblioteca Virtual do Futuro da USP. Tem tudo lá. Inclusive livros usados no vestibular. Grátis.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h55
#beijometweeta: @rosana

Pilates
A primeira aula de Pilates depois de um mês de férias, a gente nunca esquece. Mesmo porque, caso seu cérebro tente esquecer, seus músculos fatalmente irão lembrar. Tão bom puxar, mexer e esticar.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h26
#beijometweeta: @rosana

Pelo celular
Dia de motoristas loucos.cuidado.
Via
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 07h46
#beijometweeta: @rosana

Histórias
Muito divertido ouvir as histórias de férias dos colegas. Trilhas na mata, passeios nas dunas, pequenos acidentes, encontros inusitados. Alguém que viu Cameron Diaz ao vivo e disse que ela estava gorda. Outro que foi até as locações de Lost. Novidades de todos os tipos, das afetivas às tecnológicas. Histórias movem o mundo. Bom dia, a todos os que têm e inventam histórias para contar.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 07h22
#beijometweeta: @rosana

Cérebro
É assustadora a resistência cerebral à volta ao trabalho. A massa cinzenta quer continuar de férias, exatamente como o Daniel Castro. No mínimo, uma quarentena. As idéias não fluem, as mãos se recusam a tocar o teclado, os olhos se fecham. Estou com aquela preguiça extra-large, beirando o tamanho Dorival Caymmi. Aproveitando a família e a piada, vou fazer uma Nana. Boa noite. E até amanhã.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 21h47
#beijometweeta: @rosana

É Batata
Prenderam o Batata, um dos responsáveis pelo assalto ao prédio de João Kleber. De acordo com a matéria ele só assaltava prédios de luxo. Pelo menos neste quesito ele passaria no teste de fidelidade.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 21h35
#beijometweeta: @rosana

Pelo celular

Capa do UOL tem manchete errada.O cara com a Sabrina é o Nelson Sacho,assessor da Galisteu e amigo do Ian,personal stylist da Sabrina. Os dois estavam saindo da banca onde foram comprar a G Magazine do BamBam. Sério. Ela está aqui ao lado e acabou de dizer. Nada a ver. Mesmo no jornalismo de celebridades é preciso checar a informação. Sem contar que todo mundo conhece o Nelson Sacho, que assessora a Galisteu há anos. Não tem como ele ser um novo 'affair' de Sabrina.
Via
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 17h06
#beijometweeta: @rosana

Antes da reunião
Estou de saída para a reunião, a primeira do ano, o rito de passagem das férias para o ano de trabalho. Li agora há pouco (in English) que os cachorros fazem bem para a saúde dos donos (mais que os gatos, provavelmente porque ninguém passeia com o gato) e que encontraram a região do cérebro responsável pelo altruísmo (o homem moderno deve ter esta região bem atrofiada).
Até mais tarde, então.
Ou a qualquer momento em edição extraordinária, via celular, nem que seja do lavabo.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 13h41
#beijometweeta: @rosana

Dilma Roussef e Orkut

O caderno Link do Estadão de hoje comenta os 3 anos de Orkut. Mas a manchete poderia ser 'e a febre continua'. Ouvindo a entrevista sobre o PAC, com todos os pac-men envolvidos, fiquei me perguntando:"'será que alguém já fez uma comunidade 'eu tenho medo da Dilma Roussef''?" Fui ver. Não tem. Estranho. Seria bem o caso. Quase pensei em abrir uma. Porque ela me dá medo, a PacWoman Dilma. Quase tanto medo quanto eu tenho do José Dirceu, o verdadeiro bicho-papão.

Imagem

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 13h14
#beijometweeta: @rosana

Troféu Mulher Imprensa

Eu voto na Lúcia Hipólito.
Mas na Lilian também está bem votado.
Ou na Mariana.
De qualquer forma, obrigada.

 

 

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 13h09
#beijometweeta: @rosana

Anos 90

Eu era quase magra, quase jovem e não sabia. Ok, a cintura alta do short faz parte do acervo de ridículos dos anos 90. Mas, 14 anos depois, eu trocaria boa parte da modernidade do século XXI para voltar ao peso ideal daquela década. Mas, por favor, não me mandem spam de Herbalife só por causa disso, ok? Vou tentar dar um jeito caseiro no problema pelos métodos naturais. Não sou adepta do desespero de madrinha que quer caber num manequim 38 só para sair magra nas fotos do altar nem vou me agregar às estatísticas dos consumidores de anfetaminas (o Brasil é recordista em uso de anfetaminas para emagrecer e em número de pessoas que tomam e mentem dizendo que não).
O link é cortesia do Fabrício Luquetti.
O YouTube tem dessas coisas. Revira a poeira do passado até que ela caia sobre o tapete do presente.

 

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 10h44
#beijometweeta: @rosana

42 dias

Começou com uma brincadeira. Depois, uma aposta. E agora, virou caso de polícia. Desde o dia 12 de dezembro o colunista Daniel Castro está em férias. Sua última coluna foi ao ar no dia 12 de dezembro de 2006 . Hoje, dia 22 de janeiro, segunda-feira, o colunista continua em férias, 42 dias depois. É estranho, mas como existem férias acumuladas (existem?), seria justificável que ele voltasse hoje. Não voltou. A última esperança é que ele emende o feriado do dia 25 de janeiro, aniversário de São Paulo e volte, finalmente, no dia 29, quando completará 49 dias ausente.
Sei que à primeira vista parece pura implicância mas é vício. Leio diariamente a coluna e estou sentindo falta. Faz tanto tempo que não leio a coluna que nem parece férias, parece quarentena.
Espero que esteja tudo bem com o Daniel.
Porque se ele não voltar no dia 29 eu mesma vou providenciar o anúncio de procura-se.

 

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h26
#beijometweeta: @rosana

Segunda mesmo
Chove em São Paulo. 
O governo baixou um pacote de crescimento, o PAC. (Com isso, Lula torna-se o PAC-man.)
Definitivamente, é uma segunda feira.
Bom dia.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 07h51
#beijometweeta: @rosana

Boa noite

Boa noite e até amanhã. Já me conformei com este céu que não oferece nem ao menos uma casquinha de lua. E, da cidade, aproveitamos o que ela tem de melhor nesta época do ano, rua sem trânsito e restaurantes vazios.

Obrigada pela companhia.
Amanhã, começa tudo de novo,
num lindo e novo dia.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 22h37
#beijometweeta: @rosana

Volta


As férias terminaram. O que era dolce-far-niente, acabou-se. Acabei o livro que estava lendo (mas já comecei outro). Vi todas as séries em DVD que levei para a praia. Enfim, acabou todo o entretenimento. A partir de amanhã é hora de voltar para o trabalho, em todos os sentidos. Vai ser duro voltar para a rotina, onde o por de sol é só uma referência literária e não um espetáculo à beira-mar.

Na tentativa de readaptação ao mundo da mídia fui ao cabeleireiro e passei os olhos por duas revistas Caras. Fiquei pensando nas pessoas que lutam para sobreviver honestamente escrevendo coisas como "casal engrena affair", "livre, leve e solta" ou "fulano fica inebriada com a beleza de sicrana". É a vida. Tem gente que teme despencar na vala da medriocridade, tem gente que olha pra ela como um objetivo a ser alcançado. Cada um, cada um.


Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 19h28
#beijometweeta: @rosana

Sincronicidade é...

...pedir almoço pelo delivery direto da estrada e chegar em casa junto com a comida, depois de três horas de viagem e o estômago colado nas costas.
Entre famintos e entediados, salvamo-nos todos.
Exceção feita ao atum que, aparentemente, também deve ter pegado um congestionamento entre a origem e o destino.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 15h05
#beijometweeta: @rosana

Pelo celular
Chuva.transito.estrada parada.mas adorei o livro do Paul Auster que acabei de ler.
Via
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 13h29
#beijometweeta: @rosana

Pelo celular
Bom dia neste meu ultimo dia de ferias.
Via
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h09
#beijometweeta: @rosana








** **